segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Vandalismo, Valentim, Miranda e Malásia

"Won't you be my valentine?"
Este fim-de-semana surgiram novas informações sobre alegados abusos sexuais praticados por padre portugueses, no caso de Lisboa. A notícia original é do Expresso. O Patriarcado não comenta, por o caso estar em segredo de justiça.


Também no fim-de-semana Bento XVI falou da importância da família na luta contra a crise.

Hoje foi notícia um caso de vandalismo numa Igreja em Miranda do Douro. Para roubar 10 euros os ladrões causaram cerca de 10 mil em prejuízos.

A IURD foi suspensa em Angola por pelo menos 60 dias devido à tragédia do ano novo, quando 16 pessoas morreram esmagadas num evento.

Se estava a pensar fazer uma viagem com a sua cara-metade para celebrar o “Dia de São Valentim”, pode riscar a Malásia como eventual destino

Negar o Holocausto parece estar na moda, mas para um húngaro de 42 anos saiu caro. O tribunal condenou-o a uma pena muito peculiar, mas pedagógica.

A semana passada esteve em Portugal um membro da Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos. Monsenhor Juan Ferrer Greneche considera que a liturgia é como uma provocação no contexto actual. Aqui podem ler a entrevista completa, feita por Aura Miguel, na qual ele chega ao ponto de dizer que há muitos padres a quem nunca foi ensinado como celebrar missas… incrível!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar