segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Mais um Patriarca em Sófia, menos um Cardeal no Conclave

Estão a ser dias muito difíceis para a Igreja Católica. Hoje as alegações de conduta imprópria, de natureza sexual, fizeram mais uma vítima. O Cardeal Keith O’Brien, de Edimburgo, resignou hoje e já afirmou que não vai tomar parte no Conclave.

O número de cardeais no Conclave fica assim reduzido de certeza a 115 cardeais, sendo quase certo que mais um não participa por motivos de saúde. Há ainda a possibilidade de o Cardeal Mahony, envolvido na questão de encobrimento de padres abusadores, ceder à pressão e não participar, pelo que potencialmente serão só 113… e ainda faltam muitos dias!


Ainda por falar no Conclave, hoje olhamos mais de perto para Timothy Dolan, um dos meus favoritos, o que não quer dizer que ganhe porque, estranhamente, ainda ninguém me ligou de Roma para saber a minha opinião sobre o assunto… Se calhar lêem o blogue.

O Papa rezou o seu último Angelus na qualidade de Papa. Esteve presente uma multidão a quem ele garantiu que não está a abandonar a Igreja. Já hoje Bento XVI recebeu uma comissão que preparou um relatório sobre o Vatileaks. Ficou decidido que o relatório fica sob segredo pontifício e que apenas o próximo Papa o poderá ler… Resta dizer que os três cardeais que o prepararam já não têm idade para votar, mas participam nas congregações gerais de todos os cardeais já a partir de Sexta.

Passamos agora aos patriarcas. O de Lisboa, que amanhã completa 77 anos, fez ontem mais uma catequese quaresmal e na Bulgária, também ontem, foi eleito e entronizado o novo líder da Igreja Ortodoxa daquele país. O Patriarca Neofit (na foto) distinguiu-se dos seus colegas bispos, talvez por ser dos poucos que não era também informador da polícia secreta comunista…

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar