quinta-feira, 11 de junho de 2015

Caracóis, amigos, drusos, maçonaria e Opus Dei

Drusos. Grandes barbas!
Já está online a transcrição integral da entrevista que fiz na terça-feira a Austen Ivereigh, biógrafo do Papa. Está igualmente online o artigo desta semana do The Catholic Thing, onde lhe explicamos que para salvar a Cristandade basta casar, ter filhos e fazer bons amigos cristãos.

Recentemente, a propósito de uma campanha sobre os direitos dos caracóis, um grupo de jovens universitários bem-intencionados fez uma campanha de resposta, contra o aborto. Teve algum sucesso e chegou até a alguns meios de comunicação. A ideia foi boa, mas podia ter sido bem melhor, como procuro explicar aqui.

Passando a notícias mesmo, o Vaticano criou um tribunal onde vão ser julgados os bispos acusados de terem encoberto casos de abusos sexuais.

Só em Portugal é que se equipara o Opus Dei à Maçonaria, considera o responsável pela organização católica em Portugal, a propósito de recentes polémicas em que o Opus se viu metido.

Depois dos cristãos, dos curdos e dos yezidis, agora são os drusos que sofrem às mãos dos extremistas islâmicos na Síria. Só ontem terão sido mortos vinte numa aldeia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar