sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Estado Islâmico imparável? Lei do aborto inconstitucional?

A freira libanesa que trabalha com refugiados iraquianos
Cerca de um mês depois de terem começado os ataques aéreos contra o Estado Islâmico não só o cerco a Kobane continua, como o grupo atacou hoje e ameaçava ocupar a cidade de Ramani, capital da província de Anbar.

O drama dos refugiados causados pelo grupo islamita é o que traz a Portugal a irmã Hanan Youssef, que trabalha com refugiados no Líbano. Está a falar em vários pontos do país, mas amanhã será publicada uma entrevista com a religiosa, feita por mim, que aconselho a todos os que se preocupam com aquela região.

Ontem decorreu um debate sobre a iniciativa legislativa de cidadãos “Pelo Direito a Nascer”, organizado pelo Núcleo de Estudantes Católicos da Faculdade de Direito de Lisboa. Centenas de pessoas estiveram presentes e ouviram dizer, entre outras coisas, que a actual lei do aborto é inconstitucional.

Para a semana não deverá haver mails. Na segunda-feira viajo para Estrasburgo, onde acompanharei a visita do Papa ao Parlamento Europeu. Poderão acompanhar tudo na Renascença.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar