sexta-feira, 24 de abril de 2015

Um milhão e quinhentos mil novos santos

Fiéis arménios beijam um ícone que
representa 1,5 milhões de novos santos
É já na segunda-feira o lançamento do meu livro “O que fazes aí fechada”, que inclui oito entrevistas com diversas freiras. Desde uma cujo pai deixou de praticar quando ela entrou no convento a uma que diz que o celibato a liberta para melhor poder trabalhar com as prostitutas que procura ajudar. São histórias de vida e de vocação, mas acima de tudo são histórias de amor.

Para quem puder ir ao lançamento, no Convento dos Cardaes, Rua do Século 123, em Lisboa, às 18h30, terei o maior gosto em ver-vos lá.

Decorreu ontem a maior canonização em massa da história do Cristianismo. São 1,5 milhões de novos santos da Igreja Apostólica da Arménia, vítimas do genocídio levado a cabo em território turco. Os Assírios também sofreram e chamam a esse triste episódio o “Seyfo”, ou “Espada”, pois foi através desse instrumento que a maioria dos mais de 150 mil foram assassinados.

E porque passados 100 anos estamos novamente a ver cristãos a serem perseguidos em massa no mundo muçulmano, a fundação Ajuda à Igreja que Sofre convocou uma jornada de oração para sábado.

A Associação de Rádios de Inspiração Cristã contesta a ideia de que os meios de comunicação precisem de dar a conhecer o seu plano de cobertura das eleições legislativas.

E se participou no sorteio do Natal para ganhar um dos presentes que o Papa tem recebido ao longo dos meses, não desespere! Vem aí nova oportunidade e o primeiro prémio é um carro Kia Soul.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar