quinta-feira, 30 de abril de 2015

Quanto vale a vida de um cristão na Síria?

Lita Boitano, a quem o Papa
prometeu a abertura dos arquivos
O Estado Islâmico está a pedir 100 mil dólares por cada um dos 230 cristãos que raptou em Fevereiro. A Igreja Assíria diz que não tem como pagar um valor tão elevado.

No Egipto 69 militantes da Irmandade Muçulmana foram condenados a 25 anos de cadeia cada um por terem participado no ataque a uma igreja copta.

A Obra Diocesana do Porto foi hoje alvo de buscas por suspeitas de esquemas para defraudar a Segurança Social.

Soubemos também esta quinta-feira que a Cáritas portuguesa contribuiu para a ajuda de emergência que a organização internacional está a enviar para o Nepal.

E o Papa Francisco ordenou a abertura dos arquivos do Vaticano que dizem respeito à ditadura militar da Argentina, num gesto que se espera venha a ajudar as famílias a perceberem o que é que aconteceu aos seus familiares desaparecidos nessa altura.

Ontem publicou-se um novo artigo do The Catholic Thing. Este vem em jeito de homenagem ao grão-rabino de Roma, que morreu há pouco mais de uma semana e que era grande amigo de João Paulo II. Leiam que vale a pena conhecer mais de perto este líder religioso que morreu a dias de completar os 100 anos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar