terça-feira, 27 de maio de 2014

Apanhados papais e aldeias rebaptizadas

Como tinha avisado, o Papa falou ontem a bordo do avião, a caminho de Roma. Ficamos a saber que vai haver um encontro com vítimas de abusos sexuais, que o Papa tem pena que o debate sobre o sínodo da família se esteja a resumir à questão da comunhão de recasados. Também disse mais do mesmo sobre a questão da ordenação de homens casados.

Ainda em relação à peregrinação de Francisco à Terra Santa, aqui podem encontrar a minha leitura da viagem e os 10 pontos mais importantes a reter. Um bom ponto de partida para quem não conseguiu acompanhar de perto.

A sudanesa que foi condenada à morte por alegada apostasia e adultério já deu à luz e tem agora dois anos para amamentar o bebé antes de ser executada

Menos sorte ainda teve uma paquistanesa que foi morta pela família à frente do edifício do supremo tribunal, tudo por ter casado com o homem por quem estava apaixonada.

Os bispos da União Europeia manifestaram-se preocupados com os votos em partidos nacionalistas nas eleições para o Parlamento Europeu.

E os habitantes da aldeia espanhola de “Castrillo Matajudíos” decidiram por maioria… mudar o nome da localidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar