terça-feira, 20 de maio de 2014

"Papa Negro" de saída

Pe. Adolfo Nicolás

O arcebispo primaz de Braga era um homem que não deixava ninguém indiferente e é recordado com saudades e respeito por muitas figuras, incluindo o Presidente Cavaco Silva, o seu sucessor D. Jorge Ortiga, Manuel Braga da Cruz e o padre João Aguiar, presidente do Conselho de Gerência da Renascença. Em Braga há dois dias de luto municipal.

Entretanto hoje surgiu a notícia de que o padre Adolfo Nicolás, superior geral dos jesuítas (conhecido também como o “Papa Negro”), vai resignar ao cargo em finais de 2016.

Ainda ontem o Patriarca D. Manuel Clemente declarou-se contra “formas de conjugalidade que contrariam a tradição da humanidade”.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar