quarta-feira, 12 de maio de 2021

Especial pré-apocalíptico de liberdade religiosa

Há caos na Terra Santa, uma praga de dimensões pandémicas e o Sporting é campeão, por isso parece-me mais que evidente que o apocalipse está à porta. Uma boa razão para mais um apanhado de Actualidade Religiosa…

Hoje prestamos especial atenção a questões de liberdade religiosa. Temos o caso do capelão de uma escola inglesa que foi denunciado a uma unidade de antiterrorismo por dizer aos seus alunos que podiam questionar a ideologia do género.

Temos ainda o caso da deputada e ex-ministra finlandesa que vai ser julgada por ter questionado o facto da sua igreja ter patrocinado uma marcha gay.

E na Suíça um tribunal deu razão a um médico que se queixou da suspensão do culto público, decretando que viola a liberdade religiosa dos cidadãos.

Liberdade Religiosa é coisa que escasseia na Índia e as ONG e especialistas esperam que a União Europeia pressione o primeiro-ministro Modi sobre o assunto.

Por falar em União Europeia, foi finalmente nomeado o novo enviado especial para a liberdade religiosa fora da UE. É um cipriota (na foto) e os bispos europeus já saudaram a escolha.

No programa Aura Miguel Convida da semana passada ficámos a conhecer Luís de Sousa Coutinho, um aristocrata que se apaixonou por Cristo e se tornou eremita, inspirado pelo (em breve) santo Charles Foucauld.

Por fim, temos dois novos artigos do The Catholic Thing no blog. No primeiro podem ler o testemunho comovente de uma mulher que foi levar a comunhão a um lar de idosos a pessoas que não comungavam há mais de um ano e no segundo ficam a conhecer H. H. Weiler, um académico judeu que tem uma teoria interessantíssima sobre o julgamento de Jesus.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar