quarta-feira, 6 de julho de 2016

Objecção de consciência eutanasiada na Bélgica

Arcebispo emérito de Paraíba, D. Aldo Pagotto
O Papa Francisco aceitou esta quarta-feira a renúncia de um bispo brasileiro que aceitava na sua diocese candidatos ao sacerdócio que tinham sido expulsos de outras. Alguns revelaram-se abusadores sexuais.

Um lar de idosos na Bélgica foi multado por se recusar a permitir que uma utente fosse eutanasiada por médicos. A família mudou-a para outro lugar, organizou a sua morte e depois processou o lar, que vai ter de pagar seis mil euros de indemnização.


Em Ano da Misericórdia, o artigo desta semana do The Catholic Thing contempla a questão da retenção dos pecados, um poder que Cristo legou à Igreja mas que é menos falado e compreendido. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar