terça-feira, 14 de junho de 2016

Ódio, tragédias e uma voz de esperança

Clicar para aumentar
Aconteceu muita coisa desde o meu último mail, a começar pelo absolutamente trágico ataque em Orlando, num bar frequentado sobretudo por homossexuais, que fez meia-centena de mortos. O atacante disse agir em nome do Estado Islâmico, o Papa lamentou o horror, o FBI disse “oops”, Obama aproveitou para falar novamente das leis das armas e Trump tentou ganhar votos. Entretanto várias pessoas arranjaram maneira de culpar os cristãos conservadores pelo massacre, o que faz mais ou menos o mesmo sentido que culpar os homossexuais pelo massacre de cristãos no Médio Oriente…

Ontem, novo ataque terrorista, desta vez em França, com um “lobo solitário” a matar um polícia e a sua mulher.

Hoje, soube-se que frei Bernardo, que viveu no início do século XX, foi declarado Venerável. Conheça aqui a fascinante história do jovem frade que converteu Teixeira de Pascoaes.

O líder do Estado Islâmico pode ter morrido!! Ou não… Nunca se sabe bem e esta deve ser a quinta vez que o homem é declarado morto, portanto tudo pode acontecer.

A Congregação para a Doutrina da Fé lançou um documento que diz que a hierarquia e os movimentos católicos não se sobrepõem uns aos outros, mas antes se complementam.

Termino com um convite, para irem no dia 21 de Junho assistir ao concerto da minha prima Ana Stilwell, que colocou o seu talento ao serviço da causa dos refugiados. É às 21h no Teatro Thalia e o dinheiro angariado vai para a Plataforma de Apoio aos Refugiados. Divulguem!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar