quarta-feira, 8 de junho de 2016

"Barrigas vetadas" e heroínas imoladas

Olá, tudo bem? Sim! Estás suspenso... 
O Papa Francisco suspendeu um bispo por suspeitas de abusos sexuais de menores há mais de 30 anos.

Depois de terem morto um cristão, os fundamentalistas islâmicos do Bangladesh mataram um sacerdote hindu, ontem, levando a uma caça ao homem por parte das autoridades que, todavia, arranjaram forma de culpar… os judeus.

Do “Califado” do Estado Islâmico chega uma notícia horrível. 19 mulheres queimadas vivas por se terem recusado a ter relações sexuais com os seus “donos”.

Isto tudo no dia em que Marcelo Rebelo de Sousa vetou a lei das barrigas de aluguer e em que recebemos com alegria a notícia de um “milagre” operado por médicos que conseguiram manter uma mulher viva artificialmente durante 15 semanas para que o seu bebé sobrevivesse. João Lobo Antunes, presidente do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida, comenta ambas estas notícias aqui.


E se gostam do The Catholic Thing, aproveitem para fazer um donativo que ajude a organização a manter o seu trabalho!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar