quarta-feira, 2 de março de 2016

Spotlight, Templeton e dinheiro sujo

And the winner is...
Como já saberão o filme Spotlight venceu dois Oscares no domingo à noite. Ontem o Cardeal Sean O’Malley de Boston, a diocese retratada no filme, veio dizer que se trata de uma produção importante. Por cá, João Reis, dos Catholic Voices Portugal, também explica porque é que é importante os católicos prestarem atenção a filmes destes, mesmo que doa.

Esta quarta-feira o Papa disse que dispensa o dinheiro “sujo” de quem explora trabalhadores, numa audiência geral em que falou também do acolhimento dos refugiados e da misericórdia.

Já ontem, Francisco recebeu uma delegação da fundação Ajuda à Igreja que Sofre, a quem agradeceu o trabalho desenvolvido por esta organização.

O rabino britânico Jonathan Sacks venceu o prestigiado Prémio Templeton. Se não conhecem as suas obras, não percam tempo! Acabei de ler o último livro e é interessantíssimo.

O Estado Islâmico, que entretanto se entretém a executar os seus próprios militantes, está a proporcionar uma nova ideologia a milhares de europeus, considera um especialista espanhol.

Não deixem de ler o meu mais recente artigo sobre a Eutanásia, em que explico porque é que, não sendo nazis os que a defendem não podia ser mais nazi o conceito em si, e leiam também o artigo desta semana do The Catholic Thing, em que Howard Kainz questiona a atitude da Igreja Católica para com o Islão.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar