quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Freiras detidas, freira falecida e bomba Schweppes

Hoje é daqueles dias em que metade das notícias parecem inventadas…

Um padre e três freiras foram detidas no norte, acusados de maus-tratos e abusos psicológicos de noviças no mesmo convento onde há três anos apareceu uma noviça morta num poço.

Morreu uma das freiras que tinha ficado gravemente ferida na sequência do despiste da “bicicleta de 12 lugares do ano da vida consagrada”.

O Estado Islâmico mostrou fotografias da bomba que alegadamente usou para abater o avião russo. Consiste de uma lata de Schweppes!

E no meio disto tudo não é de espantar um missionário italiano na República Centro-Africana avise que há riscos realmente altos envolvidos na visita do Papa àquele país, agendada para o fim-do-mês. Amanhã poderá haver novidades sobre este assunto, já que a Santa Sé convocou uma conferência de imprensa para falar da visita.

Com os atentados de Paris a dominar as atenções do mundo mediático, ainda, temos neste momento em estúdio, aqui na Renascença, o presidente da Comunidade Islâmica de Lisboa, Abdul Karim Vakil, que vai participar no debate de assuntos religiosos que vai para o ar na Edição da Noite, depois das 23h. Não percam!

Deixo-vos, entretanto, com o artigo desta semana do The Catholic Thing, no qual Brad Miner parte dos eventos tristes de Paris do fim-de-semana passado para recordar como a sua visita àquela cidade anos antes o colocou no caminho da conversão ao Catolicismo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar