segunda-feira, 16 de junho de 2014

Ronaldo cita o Papa no regresso da Actualidade Religiosa

Estive fora as últimas semanas em licença de paternidade, devido ao nascimento do Joaquim. Agradeço a preocupação e as orações de todos! Toda a família está muito bem, obrigado.

Não vou recapitular o muito que se passou na minha ausência no mundo da religião, mas hoje também tivemos notícias. O Papa recebeu em audiência o Arcebispo de Cantuária, Justin Welby. Comprometeram-se em conjunto a combater o tráfico humano, o que é excelente, claro, mas pode também indicar uma certa desistência do diálogo ecuménico ao nível doutrinal.

Mas a notícia do dia, claro, é o facto de Cristiano Ronaldo ter citado o Papa numa mensagem de incentivo para a selecção nacional, no dia em que Portugal se estreia no Mundial. O Papa, entretanto, comprometeu-se a não desequilibrar as coisas e não interceder junto de Deus (o verdadeiro, e não o Maradona) para que ajude a Argentina a ganhar…

Em Dezembro falei-vos do Imã Ahmet Tuzer. Lembram-se? Não faz mal… o “Imã Rockeiro” esteve estes últimos meses a ser investigado pelo Directório dos Assuntos Religiosos da Turquia mas afinal está tudo bem. Há licença para rockar!

O Iraque está de novo mergulhado no caos, mas os radicais islâmicos voltaram a fazer estragos também no Quénia, hoje.

Amanhã é o “Dia da Consciência”, uma efeméride internacional inspirada em Aristides Sousa Mendes… saiba mais nesta reportagem.

Durante a minha ausência foram publicados dois artigos do The Catholic Thing em português. O primeiro inclui uma impressionante, e pouco conhecida, profecia de João Paulo II sobre o “Confronto Final” civilizacional. O mais recente é de interesse sobretudo para pessoas ligadas ao ramo da saúde e fala do fenómeno da “Medicina Ideológica”. Um excerto:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar