terça-feira, 8 de setembro de 2015

Nulidade agilizada e solidariedade com refugiados

Os processos de nulidade dos casamentos católicos vão ser mais rápidos e simples a partir de Dezembro. Com as reformas introduzidas pelo Papa há mais responsabilidade do bispo local o que deverá resultar em menos espera por parte de quem se encontra nestas situações complicadas.

Um especialista português fala mesmo num conceito de “via verde” da nulidade.

Numa altura em que se continua a falar muito da crise dos refugiados, um bispo húngaro criticou os pedidos do Papa para acolher quem pede ajuda. Mas a conferência episcopal da Hungria, numa prova de unidade com Francisco, publicou ontem uma carta em que se coloca ao dispor para acolher quem precisar.

Em relação ao tema dos refugiados, a sociedade civil continua a mexer-se e as igrejas vão fazendo a sua parte. De um amigo evangélico recebi a informação deste evento de 24 horas de oração pelos refugiados, para o qual todos, católicos, protestantes ou outros, se devem sentir convidados!

Ao longo destes dias era suposto ter-se realizado uma visita da imagem peregrina de Fátima a Damasco, mas tal não foi possível por razões de segurança. Mas a oração é sempre possível e por isso a fundação Ajuda à Igreja que Sofre pede que se intensifique a oração pela paz na Síria nestes dias.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar