terça-feira, 12 de março de 2019

O Estado falido que estrangula

O Estado está a cumprir no que diz respeito à área social? Duas vozes da Igreja dizem que não. A nova provincial das irmãs hospitaleiras fala em “falência da responsabilidade social do Estado” e um responsável da arquidiocese de Évora diz que as instituições da Igreja vivem numa situação de estrangulamento.

Uma capela em Braga venceu um prémio de arquitectura. Parece-lhe déjà-vu? Aconteceu a mesma coisa com outra capela, dos mesmos arquitectos, também em Braga, em 2011.

A Catedral de Santiago de Compostela – que arquitectonicamente também não é nada de se deitar fora – foi vandalizada. Deve ter sido pelos arautos da liberdade…

E no passado dia 8 de Março, dia da Mulher, a Renascença e a Ecclesia entrevistaram a directora da Obra Católica das Migrações, Eugénia Quaresma. A ler.

Conhece algum não-crente que gostaria de fazer um retiro de silêncio? Apresento-vos esta proposta de um retiro de um dia. Mas os crentes também podem ir!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar