segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Venezuela, Iraque e Famílias - Crises para todos os gostos

Até as lojas de álcool no Iraque estão em crise
O Papa recebeu esta segunda-feira, e sem que tivesse sido previamente anunciado, o presidente Nicolás Maduro, da Venezuela. Falaram da crise que o país atravessa, que vai de mal a pior.

Com o cerco a Mossul a apertar são já várias as terras cristãs que já foram libertadas do jugo do Estado Islâmico. Qaraqosh já é livre, bem como Bartella, onde voltaram a tocar os sinos das igrejas. Falei sobre este assunto com o especialista Nuri Kino, cristão assírio, que me diz que os cristãos estão “cautelosamente felizes” com estes desenvolvimentos, porque ainda há muito por fazer. Aqui podem ler a transcrição integral, no inglês original.

A situação no Iraque não passou o lado do Papa, que admitiu que as notícias que recebe de sofrimento e morte lhe levam às lágrimas e deixam sem palavras.

Enquanto alguns iraquianos combatem o Estado Islâmico, outros estão corajosamente a combater o consumo e comércio de álcool. A proibição do comércio de bebidas alcoólicas é mais uma medida que afecta sobretudo os cristãos naquele país.

A Igreja quer fazer mais e melhor no acompanhamento de casais e famílias em crise. D. António Marto diz que é preciso “olhar para o matrimónio como uma vocação e um projecto a construir” e a Renascença dá-lhe a conhecer vários projectos que existem nesta área, incluindo o “projecto família” do MDV que em 10 anos já evitou que mais de três mil crianças fossem retiradas às suas famílias.

Arrancou ontem a Semana da Educação Cristã. D. João Lavrador presidiu à missa inaugural, nos Açores.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar