segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Estado Islâmico perde Dabiq e terços em Braga

Contas de rezar budistas, esculpidas em sementes
O Estado Islâmico está em maus lençóis… Que pena, não é? Um dia depois de terem perdido uma aldeia aparentemente inútil, mas que tem um valor simbólico importantíssimo, foi lançada a ofensiva para reconquistar Mossul, a cidade cuja queda nas mãos do EI catapultou o grupo para a fama, em 2014.

D. Jorge Ortiga teme que tudo fique na mesma com o Orçamento do Estado, no que diz respeito aos mais pobres.

Começou hoje a semana dos Bens Culturais da Igreja. Saiba mais aqui.

Celebrou-se esta segunda-feira a missa pelos que morrem sem ninguém… A Irmandade de São Roque ocupa-se desta missão tão importante.

Já está em palco o musical sobre as aparições de Fátima e noutros palcos pode muito bem encontrar o padre Victor Silva, conhecido como o “padre do Rock”.


Por fim, e por falar em terços, deixo-lhe com o convite para ver a exposição de “contas de rezar”, que está patente em Braga e que inclui todo o tipo de terços e contas de outras tradições religiosas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar