terça-feira, 25 de março de 2014

Bispo anti-máfia e mais 600 islamitas julgados

Não, são mesmo 600...
Hoje grande parte do mundo cristão assinala o dia da Anunciação. O dia indicado, por isso, para o Supremo Tribunal começar a ouvir argumentos num caso sobre contracepção e liberdade religiosa… algo a acompanhar. Entretanto, na sua missa de hoje o Papa recordou que a salvação não pode ser comprada.

Depois dos 529 condenados à morte de ontem, hoje o Egipto começa a julgar mais de 600 membros da Irmandade Muçulmana, incluindo o seu líder. Diz-se que a irmandade tem mais de um milhão de seguidores. A este ritmo…

O Papa Francisco nomeou um bispo conhecido pelas suas posições anti-máfia para escrever as suas meditações para a Via Sacra de Sexta-feira Santa.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar