quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

D. Luiz Fernando transferido de Moçambique por ameaças?

O Papa transferiu esta quinta-feira o bispo de Pemba, em Moçambique, para oBrasil. A notícia foi inesperada e causa alguma estranheza. Consegui falar com D. Luiz esta tarde, que confirmou que a decisão pode ter sido tomada a pensar na sua integridade física, pois tem estado a receber ameaças em Moçambique.

A Rádio Vaticano faz 90 anos esta sexta-feira. Tudo começou com a voz de Marconi e atualmente até se faz ouvir nas prisões dos jihadistas.

Um município na Alemanha proibiu um grupo pró-vida de fazer uma vigília de oração silenciosa perto de um centro de aconselhamento para o aborto. É, infelizmente, uma tendência crescente.

Quinta-feira foi o dia mundial do Doente. A conferência episcopal mandou celebrar uma missa em Fátima e D. António Marto recordou que “uma sociedade é tanto mais humana quanto melhor cuida dos seus membros mais frágeis”.

O artigo desta semana do The Catholic Thing em português é de Stephen P. White e fala de misericórdia. «Jesus repreendeu os fariseus não por eles terem identificado (corretamente) o pecado de adultério da mulher, mas porque não conseguiam conceber que o verdadeiro remédio para o seu pecado não era o juízo à luz da lei, mas a misericórdia de Deus. A ordem de Jesus para a mulher apanhada em adultério foi: “Vai e não tornes a pecar”. O seu pecado não é ignorado nem tolerado, como muitos hoje tendem a fazer; é reconhecido e perdoado.»

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar