sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Na Guarda falta gente, na Venezuela falta liberdade

A menos de uma semana do início da cimeira sobre abusos sexuais, em Roma, soube-se hoje que o núncio apostólico em França está a ser investigado por assédio sexual.

Curioso sobre o que se passa na Venezuela? Leia a visão do padre Pablo Lima, nascido e criado no país sul-americano, mas em Portugal desde os 18 anos.

Há um novo Camerlengo no Vaticano. É o homem que anunciou as JMJ para Lisboa.

Faltam sacerdotes na Guarda, mas segundo o bispo D. Manuel Felício, também falta gente.


No sábado dia 23 de fevereiro temos nova edição do Faith’s Night Out. Eu sou fã incondicional do formato desta iniciativa das EJNS. Na próxima semana haverá entrevista com a organização, mas até lá não se deixem dormir e comprem bilhetes aqui.

Fiquem também com um convite para uma interessante conferência sobre o Amoris Laetitia, chamado “Quando nem só a morte nos separa”, que se realiza na próxima sexta-feira.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar