quarta-feira, 13 de maio de 2015

Eu e a Júlia Pinheiro a conversar sobre freiras

Os EUA dão as boas-vindas ao
novo líder do Estado Islâmico
Antes de mais um bocado de autopromoção desavergonhada…

Estive esta manhã na SIC, no programa “Queridas Manhãs”, para falar do meu livro “Que Fazes aí Fechada”. Correu muito bem, como podem ver aqui, seguindo depois o link para ver o vídeo.

Amanhã continua a senda mediática, no programa da Ecclesia na RTP2, amanhã, quinta-feira, às 15h20.

E agora às notícias. Hoje é dia 13, houve celebrações em Fátima, claro, e em Roma o Papa teve o simpático gesto de pedir para se rezar a Avé Maria em português.

Também esta quarta-feira foi lançado um livro sobre Nossa Senhora cujas receitas revertem para a fundação Ajuda à Igreja que Sofre, para ajudar os cristãos perseguidos.

No Paquistão não são só os cristãos que são perseguidos. Hoje morreram 44 xiitas, às mãos do Estado Islâmico. E por falar em Estado Islâmico, depois de gravemente ferido o líder do Estado Islâmico, o líder interino que o substituía terá sido morto esta quarta num ataque aéreo.

Deixo-vos também com o artigo desta semana do The Catholic Thing. Daniel McInerny pega num tema que também me tem ocupado a mente ao longo dos últimos tempos. Como dialogar com a cultura actual, sobre temas como o casamento e a homossexualidade, sem ceder nas nossas convicções mas também sem adoptar uma postura bélica que cria ainda mais divisão? Mais do que dar respostas, faz perguntas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar