segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Bebés no lixo e um novo santo

Frei Bartolomeu dos Mártires
Portugal tem um novo santo. Frei Bartolomeu dos Mártires foi canonizado ontem. Trata-se de um “santo com o cheiro das ovelhas”, como diz D. Anacleto, de Viana do Castelo, a diocese onde ele morreu.

Numa interessantíssima entrevista sobre a canonização, D. Jorge Ortiga falou do novo santo mas comentou também a atualidade, dizendo que o Estado devia investir em cuidados paliativos e não em matar pessoas, isto a propósito da Eutanásia.


O caso da mulher que pôs um bebé no lixo continua a dominar as atenções. Há muito a refletir sobre este triste evento, que felizmente não acabou em tragédia, mas uma das conclusões que tiro é que a reação geral de compaixão pela mulher que deixou o seu bebé num ecoponto desmascara a argumentação de quem defendeu a liberalização do aborto nas campanhas dos referendos.

Mais um dia triste no nordeste da Síria, onde hoje foram assassinados dois padres – pai e filho – e uma igreja foi atingida por uma bomba. Rezemos.

Por falar em cristãos do mundo árabe, está de volta a Portugal o Nicolas Ghobar, um cristão palestiniano que vende artigos de artesanato para ajudar a sustentar os cristãos da zona de Belém, na Terra Santa. Saibam mais aqui e ajudem!

Não deixem de ler o artigo encorajador da semana passada do The Catholic Thing

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar