quarta-feira, 2 de outubro de 2019

E se Portugal tivesse 200 cardeais? Seria Marrocos

O Papa Francisco vai visitar as cidades de Hiroxima e Nagasáqui, no Japão, para rezar pelo desarmamento nuclear. O programa das duas viagens foi marcado esta quarta-feira.

Ontem houve buscas na secretaria de Estado e de Informação Financeira do Vaticano. Em causa estarão negócios suspeitos com imóveis.

Estamos a dias de Portugal ter cinco cardeais. Ora, cinco cardeais dá cerca de um por cada dois milhões de portugueses, o que é uma média só superada por Itália, se contarmos os países comparáveis a Portugal em termos demográficos e/ou religiosos. Mas se for só uma questão de números, olhos em Marrocos, que tem um cardeal para cada 50 mil católicos. Proporcionalmente, é como se Portugal tivesse 200 cardeais.

No artigo desta semana do The Catholic Thing, Stephen P. White pergunta quem é que irá renovar a Igreja, tão fustigada por crises. Deixa-nos esta questão, que cada um responda no seu coração.

«O Senhor está a purificar a sua Igreja. Ainda bem, dizemos nós. Não era sem tempo, dizemos. Mas estamos dispostos a deixá-lo purificar-nos a nós? Podemos mesmo esperar que a Igreja seja purificada e, ao mesmo tempo, esperar que nós, que somos membros da Igreja, sejamos poupados à dor e à angústia dessa purificação?»

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar