quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Fátima, feriados e forca


O Arcebispo Católico de Moscovo, que é italiano, presidiu este ano às celebrações de Fátima. Monsenhor Paolo Pezzi alertou para a existência de poderes “do mundo” que odeiam “tudo aquilo que dá glória a Deus”.
O Arcebispo [na foto] falou também da questão da conversão da Rússia, tema presente na mensagem de Fátima, considerando que esse desejo de conversão se aplica a todos os homens, a começar por ele.
Os bispos portugueses estão abertos a discutir a eventual extinção de alguns feriados religiosos, mas já avisaram: A última palavra pertence sempre ao Vaticano.
Na cena internacional regressamos ao Egipto onde os generais tentaram ontem justificar o massacre de 24 cristãos com o pânico dos soldados que estavam de serviço… Serão estes os mesmos soldados que nunca usaram da força contra os manifestantes da praça Tahrir?
Algumas pessoas enviaram perguntas e dúvidas sobre a existência dos coptas. De onde vêm?quantos são? etc. Aqui podem ficar a saber mais sobre estes cristãos, a maior comunidade no "mundo islâmico".
Do Irão uma boa notícia, por enquanto. O pastor cristão que tinha sido condenado à morte viu a pena revogada e o caso reenviado para o tribunal de primeira instância. Agora é esperar para ver se Nadarkhani se safa mesmo da forca, ou não.
E no Sudão o presidente Al-Bashir garante que o país vai adoptar uma constituição estritamente islâmica.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Partilhar