quarta-feira, 26 de junho de 2019

Consciência vence na Polónia, FNO no Porto

Temos mais um caso de choque entre “direitos homossexuais” e liberdade de consciência. Agora é na Polónia, onde o Tribunal Constitucional deu razão ao dono de uma gráfica que se recusou a imprimir um cartaz de um evento LGBT.

Na Alemanha já vamos em dezenas de igrejas atacadas nos últimos meses. Parece que a moda pegou.



O Comité Olímpico Internacional, que outrora se preocupava com o doping, diz que os homens podem competir contra as mulheres, desde que tomem doses massivas de químicos para alterar o seu corpo e os seus níveis hormonais. Confuso? Eu também.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar