segunda-feira, 27 de maio de 2019

Papa defende fetos, futebol e refugiados

Mais um ataque a um Igreja no Burkina Faso. Desta vez morreram quatro pessoas.

O Papa Francisco quer proteger o futebol da ditadura do dinheiro e hoje alertou para o perigo da indiferença, na sua mensagem para a Jornada Mundial dos Refugiados e dos Migrantes.

Durante o fim-de-semana o mesmo Francisco pediu aos médicos que ajudem a combater o aborto. A propósito deste tema, causou alguma polémica nas redes sociais um artigo de opinião de Henrique Raposo, defendendo a legalidade do aborto em casos de violação e incesto. Respondi-lhe hoje, de forma amigável, com este texto que vos convido a ler.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Partilhar